top of page
Blog: Blog2
  • Foto do escritorCecília Andalaft

11 profissões que pagam bem e exigem apenas o nível fundamental


Profissões que não exigem curso superior, somente ensino fundamental ou médio, abrangem desde o campo de comércio e varejo até segurança pública e o setor de serviços.

No geral, os profissionais que concluíram somente o nível fundamental podem encontrar boas oportunidades no mercado de trabalho. Além disso, as instituições de cursos técnicos e tecnólogos permitem maior especialização, através de cursos online ou presenciais em diversas áreas.

Sendo assim, pode-se aperfeiçoar o currículo garantindo remunerações melhores e maior competitividade no mercado de trabalho. Confira 11 profissões que pagam bem e exigem somente o nível fundamental.

( 1 ) Promotor(a) de vendas

No cargo de Promotor de Vendas pode vir a ganhar até R$ 1.710,00. Sua função é promover produtos e serviços e organizar a exposição e rotatividade em pontos de venda de acordo com layout estabelecido pela empresa. Aborda clientes, esclarece dúvidas e distribui panfletos ou amostra grátis. A formação mais comum é de Ensino Médio (2º Grau).

( 2 ) Ajudante geral

No cargo de Ajudante Geral pode ganhar até R$ 1.650,00. A formação mais comum é de Ensino Médio (2º Grau). Suas funções podem ser: auxiliar no planejamento, controle e programação da produção, monitorar estoques de materiais e acompanhar ordens de fabricação. Realizar carga e descarga de mercadorias e serviços de manutenção e limpeza.

( 3 ) Vendedor

Essa profissão não exige formação superior e permite que a pessoa atue em diversas áreas. O profissional precisa ter algumas habilidades como possuir uma boa comunicação interpessoal, desenvolver empatia com os clientes, criar um bom discurso de vendas, apresentar uma escuta ativa e ser organizado. O salário vai de R$ 1.596,00 podendo alcançar R$ 25.000,00 a nível de gerência.

( 4 ) Bombeiro Civil

O Bombeiro Civil passa por um treinamento de 200 horas para atuar em diferentes frentes, desde indústrias até eventos. O salário médio nacional é de R$ 2.144,00.

( 5 ) Cabeleireiro

Grande parte das profissões relacionadas à estética não demandam formação superior, sendo necessário somente um curso técnico e um nível básico de experiência. O piso salarial é de R$ 1.428,24, mas dependendo do local de trabalho e participação em eventos pode alcançar R$ 12.000,00.

( 6 ) Eletricista – Pintor - Pedreiro

O profissional muitas vezes começa como aprendiz no próprio local de trabalho, mas existem cursos profissionalizantes que sistematizaram o aprendizado dessas habilidades. Um eletricista predial/industrial, por exemplo, pode ganhar até R$ 5.800,00.

( 7 ) Cozinheiro

A maioria dos restaurantes pede que o profissional já tenha experiência na área. Ele deve ter domínio de técnicas de preparo e conservação de alimentos, além de liderança e habilidade de trabalhar em equipe. O salário vai de R$ 1.531,60 até R$ 4.511,25 sem contar adicionais como bônus, comissões, acúmulo de funções, etc.

( 8 ) Atendentes

Desde recepcionistas e atendentes de telemarketing, todas as profissões que envolvem o atendimento básico ao público não exigem formação superior. As empresas costumam oferecer treinamento técnico aos profissionais. O salário médio chega a R$ 2.391,22, mas pode alcançar R$ 3.458,00 dependendo do local de trabalho.

( 9 ) Vigia

Pode atuar como porteiro de edifícios, agentes de portaria e responsáveis por guaritas em instituições diversas. A faixa salarial fica entre R$ 1.465,73 e R$ 2.334,87.

(10) Mecânico

Não exige formação superior, mas é necessário conhecimento técnico e experiência para ser um bom mecânico. Pode atuar em diversos setores e trabalhar com veículos ou aparelhos domésticos e industriais. O salário fica entre R$ 1.828,50 e R$ 3.823,13.

(11) Jardineiro

Como as organizações tem investido cada vez mais em paisagismo em seus projetos de design a demanda de vagas de emprego para esse profissional tem se tornado alta. Presente em empresas dos mais diversos segmentos o jardineiro atua na conservação de áreas verdes urbanas, podendo ser um colaborador efetivo da organização ou atuar por meio de empresas de prestação de serviços na área. A faixa salarial fica entre R$ 1.439,00 e R$ 2.341,08.


3.438 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page