top of page
Blog: Blog2
  • Foto do escritorCecília Andalaft

Natal de 2022: perspectivas para o trabalho temporário



Um estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) estima a contratação de quase 110 mil trabalhadores temporários para atuar durante a temporada de final de ano, sobretudo no Natal. A expectativa é um aumento de 2,1% em comparação ao ano passado. Em 2021 o salário médio por contratação ficou em torno de R$ 1.500,00 e este ano deverá ser de R$ 1.600,00 podendo alcançar até R$ 2.300,00 nas lojas especializadas na venda de produtos de informática e comunicação, seguidas pelo ramo de artigos farmacêuticos, perfumarias e cosméticos, que devem pagar em torno de R$ 1.800,00.

O Estado de São Paulo vai concentrar o maior número de postos de emprego, com mais de 30 mil vagas. Em seguida, aparecem Minas Gerais (12,2 mil), Paraná (8,9 mil) e Rio de Janeiro (8 mil). Inclusive, essas unidades federativas devem concentrar cerca de 54% das vagas. As previsões da CNC são baseadas em aspectos sazonais das admissões e desligamentos no comércio varejista, registrados mensalmente pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

A conversão de vagas temporárias em efetivas em 2022 não deve ser tão expressiva quanto depois do Natal de 2021, quando chegou a 15%, porque, no ano passado, o varejo ainda estava repondo os postos que haviam sido fechados nas duas primeiras ondas de covid-19.

A CNC calcula que o comércio varejista deverá movimentar R$ 65 bilhões em vendas para este Natal. Se confirmado, o resultado representará uma alta de 1,2% no faturamento em relação ao mesmo período de 2021, já descontada a inflação, o primeiro aumento real de vendas após dois anos de perdas.

O desempenho, porém, ainda não recuperaria o volume de vendas de 2019, no pré-pandemia, que foi de R$ 67,55 bilhões.

O ramo de hipermercados e supermercados deve responder por 38,6% do volume total vendido, R$ 25,12 bilhões, seguido pelas lojas de roupas, calçados e acessórios (33,9% do total ou R$ 22 bilhões) e pelos estabelecimentos especializados em artigos de uso pessoal e doméstico (12,6% ou R$ 8,19 bilhões).




Conte com a Factu como parceiro na hora de contratar colaboradores para a sua empresa!








Factu. Terceirização é o nosso negócio!


diretoria@factu.com.br


Tel: 11 3711-9999

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page